Novidades

SLIPSTREAM | Review



Slipstream é um game indie brasileiro produzido pela ansdor. O jogo foi originalmente lançado em 2018 para Windows e Mac, e agora em 2022 foi relançado para os consoles da Microsoft, Sony e Nintendo.

O jogo tem clara inspiração no jogos de corrida arcade dos anos 1990, sendo bastante simples em seus conceitos e também nostálgico para quem viveu a era de ouro dos consoles de 8-bits e principalmente 16-bits.

Slipstream conta com 6 modos de jogo: Grand Prix, Corrida Única, Cannonball e battle royale disponíveis para jogo single ou multi player, além do Grand Tour e Desafio de Tempo somente no single player.

Esses modos de jogo não trazem muita variação na gameplay para o jogador, alterando somente a possibilidade de customização dos carros e a duração das corridas.

Os controles dos veículos são básicos, com o jogador podendo acelerar, frear, virar, fazer drift durante as curvas e retroceder no tempo quando necessário, por exemplo, quando o jogador colidir com outro veículo ou algum obstátulo fora da pista.

Na parte visual, o jogo lembra bastante os games da era de 16-bits, não trazendo grandes gráficos como vemos por exemplo, em Horizon Chase Turbo, sendo que esse não é o objetivo do desenvolvedor. Cá entre nós, poderiam ter dado uma caprichada maior no design das pistas e dos carros, que acabam sendo muito simplistas, mas nada que impeça uma jogatina satisfatória.

Slipstream apresenta um pequeno grau de dificuldade, fazendo com que um mínimo erro do jogador possa significar uma derrota na pista. Senti falta do mapa da pista, sua presença seria interessante para dar uma noção visual da distância entre os adversários, mas só de haver um indicador da distância do carro a sua frente e atrás, já ajuda nisso.

No fim das contas, Slipstream é mais um jogo de corrida arcade com elementos nostálgicos, que não traz inovações ao gênero ou algo que faça se destacar dentro da categoria, mas que acaba por conseguir trazer alguma diversão ao jogador, devido ao nível de dificuldade um pouco elevado mas não ao ponto de tornar o jogo frustrante.

Nota: 3/5.




Trailer:



Continue ligado no Nerdview nas redes sociais, estamos no Facebook e Instagram.

Nenhum comentário