Novidades

Review do game Scorn



Desenvolvido pela Ebb Software, empresa sérvia fundada em 2013 e distribuído pela Kepler InteractiveScorn é um jogo de terror em primeira pessoa ambientado em um universo tenebroso de formas estranhas e trama sombria, onde o jogador deverá explorar o ambiente que o rodeia. Na medida em que avança através de puzzles, o jogador irá liberar novas áreas, habilidades e diversos itens, como armas, por exemplo.

Scorn não é um jogo muito longo, causando estranheza em alguns jogadores que querem assumir um "relacionamento duradouro" com essa jogatina. Aos que se dedicarem de fato a terminar sua história, poderão fazê-lo de forma mais rápida. Se considerarmos que se trata de um jogo indie desenvolvido por poucas pessoas, o foco não costuma ser tanto na quantidade, mas na qualidade de seu gameplay.

Trata-se aqui de um game de nicho, que irá agradar especialmente aos fãs do gênero de terror ao qual se propõe, mas que não buscam tanta ação, e sim algo que pode ser considerado tedioso e massante para outros, que são as resoluções de puzzles (quebra-cabeças). Aqui não temos algo que busque emular grandes franquias como Dead Space, Amnesia ou mesmo RE. Há combate, mas está longe de ser o foco do game.

Por se tratar de um jogo linear, Scorn busca trazer uma narrativa coesa e que prende o jogador, algo que consegue atingir com sucesso, muito também devido a sua atmosfera bem trabalhada e desenvolida. A história de Scorn deixa brechas para interpretações variadas por parte dos jogadores, o que é bem legal de se encontrar. O game é visualmente muito bonito e sua trilha sonora ajuda na imersão. Sua jogabilidade é fluida e não apresenta bugs que atrapalhem a jogatina.

Há margem para o desenvolvimento de DLCs que acrescentem novas histórias e mesmo variações de jogabilidade em Scorn, o que deve ocorrer há depender da recepção dos jogadores e lucratividade que a publisher encontre no game, e esperamos que isso ocorra, pois o jogo traz um ótimo universo que possui potencial de grande crescimento. 

Nota: 3,5/5.

Trailer: 


Continue ligado no Nerdview nas redes sociais, estamos no Facebook e Instagram.

3 comentários:

  1. Esse desenho novo é muito esquisitinho. Tem uma ou outra coisa interessante, mas é estranhoso

    Miranda Zero
    cosplaytime.com.br

    ResponderExcluir
  2. William Peloso08 novembro, 2022

    Ele foi feito numa pegada infantil, para tentar gerar mais fãs para a franquia. Temos 3 versões totalmente diferentes do He-Man, a clássica, essa aí infantil e a mais recente feita pela Netflix que causou certo rebuliço na web...

    ResponderExcluir
  3. Teve um He-Man de 2002 também

    ResponderExcluir