Novidades

SUPERMAN & LOIS | Crítica da 1ª temporada



Superman começa de uma forma resumida da história dele nas Hqs (incluindo o uniforme da origem do herói em 1938) e depois ao novo visual sem a cueca pra fora, e essa série só serviu pra nós mostrar o quanto é fácil trabalhar com Superman que não dá pra entender essa versão Dark do Zack Sneyder atuado pelo Cavill.

No resumo inicial não tem falado muito sopre as participação do superman no Arrowverse, porém não foi esquecido isso já que tem episódio que aparece o John Diggle e sempre há menções a Lila Michaels e a A.R.G.U.S, porém o que mais me agradou foi o fato de ter muito da participação do General Lane, algo que nenhuma mídia chegou a colocar essa grande briga do super com o pai da Lois.

A grande novidade que temos aqui são os filhos de Clark e Lois, Jonathan e Jordan, Jonathan foi um jovem sempre popular na escola em metrópoles, um atleta maravilhoso, cheio de amigos e fiel a sua namorada enquanto Jordan era um garoto solitário cheio de problemas como crises de pânico, sempre reservado e sombrio e foi uma coisa que o Clark nunca conseguiu trabalhar direito, mas ele é Lios sempre desconfiaram que o Jonathan tinha os mesmos poderes de Clark, porém seus filhos não sabem que Clark Kent é o Superman.

Uma coisa que eu percebi nessa série é achei muito legal foi que eles a fizeram usando elementos do arco a morte e o retorno do Superman dos anos 90, pois aqui temos a estreia do Aço, que foi muito melhor trabalhado que no filme do Shaquile O'Neal, e também temos o Erradicador, que aqui conhecemos primeiro Morgan Edge um grande Fundamentalista financeiro de várias cidades dos Estados Unidos, e alguns lugares do mundo, que inicialmente era só um filantropo que destruía nações, comprou o Planeta Diário somente pra acabar com alguns jornalistas e isso inclui a senhora Lois Lane que se demite após Clark ser demitido, e nesse tempo temos o surgimento do superior, que todos acharam que seria o Jonathan, mas a surpresa é que o Jordan tem os mesmos poderes do Clark.

Após a morte da grande matriarca de Smallville Martha Kent Clark e Lois se mudam pra Smallville pra terem uma nova vida, Lana Lang acaba sendo um suporte pra família já que ela é amiga de infância de Clark e sua filha acaba se interessando por 1 dos meninos e assim vamos correndo a série.

O que eu vejo a maneira como a CW trabalhou com essa série que não há nenhum momento que tem "barriga" são 15 episódios dessa temporada e como ela mostrou que não há nada melhor do Superman que essa série, eu espero muitas coisas boa pra uma próxima temporada? Com certeza até porque tem um cliffhang no final da primeira temporada que nos deixam curiosos, igual o final da 5 temporada de Arrow quando explode a ilha com todos nela e você fica o que aconteceu caralho eu lembro que eu gritei pq fiquei puto por esperar meses pela continuação, e teve quase nada de erros, pelo menos eu não vi nenhum erro e pra mim foi a melhor série do Superman já feita.

Trailer:




Nenhum comentário